Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amor Próprio

... Blogger, coach, palestrante, autora, contadora de histórias, formadora e uma apaixonada pela vida ...

Amor Próprio

07
Jan19

Quero que se dê muito mal!

Marta Leal

girl-2940655__340.jpg

#queroquesedêmuitomal

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

- Sabes aquilo que eu mais desejo?

 

- Não.

 

Respondi não, mas podia ter respondido sim. Pelo tom de voz, expressão do rosto e tensão no corpo era fácil perceber o que me ia dizer.

 

- Que se dê muito mal na vida!

 

Tenho por princípio não refutar aquilo que me dizem principalmente quando as emoções estão ao rubro.  Deixo que falem. Deixo que falem até que se libertem do que os oprime, confunde, revolta e magoa. Faço isso em sessão e faço isso no dia-a-dia com os amigos. Contrariar, refutar ou mesmo afirmar que estão errados é não saber ouvir. Mesmo que  não concordemos devemos ter em atenção que a pessoa que está à nossa frente está em dor e precisa de se libertar.

 

Nesse dia fiz o que costumo fazer. Deixei-a falar até à exaustão. O sol estava agradável e o ambiente também. Ficámos por ali mais tempo do que era suposto, mas ela precisava e a mim não me incomodava.

 

- Não dizes nada?

 

- A única coisa que te posso dizer é que quando desejas mal aos outros estás a desejar mal a ti.

 

- Hã?

 

- Sim. Tenho por princípio que tal como não deves fazer ao outro aquilo que não queres que te façam, também não deves desejar ao outro aquilo que não desejarias a ti. Para além disso temos a lei do retorno que tem uma tendência a manifestar-se quando menos se espera.

 

- Tretas!!!, respondeu-me ela enquanto mudava, miraculosamente, de conversa.

 

A realidade é que procuro sempre seguir aquilo que lhe disse. Quando não o faço sinto-me incomodada e a ser incongruente com quem sou e com o que defendo. Quando desejamos mal ao outro estamos a desejar mal a nós. Espalhamos uma energia de raiva, ódio, revolta e maledicência que não nos faz nada bem. E, enquanto o outro segue descansado a sua vida nós remoemos algures entre a impotência, a raiva, a incredibilidade e a sensação de injustiça.

 

Eu sei que não é fácil. Que existem situações que se prolongam em nós por tempo infinito tal foi a marca que nos deixaram. Mas cabe-te a ti decidir se largas ou agarras! Se continuas a destilar o ódio que te vai infetando lentamente ou escolhes viver em amor-próprio, aceitando e libertando. Quando te libertas do que te faz mal, a vida tem outro sabor, sabias?

 

 

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/
✔️ Site 👉 www.martaleal.pt
✔️ Email 👉 martaleal@outlook.pt

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

06
Nov18

Dedica-te a ti!

Marta Leal

record-player-1851576__340.jpg

 

#dedicateati

#Marta Leal

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

Acordo cedo. Passeio as cadelas, na maioria das vezes de pijama escondido por um casaco comprido, limpo a caixa da areia dos gatos enquanto a cozinha é invadida pelo cheio a café. Não sei se já vos confidenciei o quanto gosto do cheiro e do sabor a café de saco. Os dias de hoje contrastam com os de há uns anos atrás onde a correria e as pressas eram uma constante. Quando penso nisso, penso sempre com um sorriso. Penso com um sorriso porque me recordo dos esquecimentos das mochilas, os atrasos, os ténis trocados porque foram calçados à pressa, os cabelos penteados apenas por cima e tantas, mas tantas outras peripécias que preencheram os nossos dias. 

 

Hoje os desafios alteraram-se não só porque as crianças cresceram, mas também porque escolhi ser dona do meu tempo, da minha profissão e de mim mesma. É o três em um onde o objetivo principal é o meu bem-estar e consequentemente o bem-estar de todos aqueles que me rodeiam.

 

De nada vai adiantar fazeres uma mudança se te perderes nela. Confusos? Passo a explicar. Seja qual for a mudança que queiras fazer seja ela de vida, de emprego, financeira, de relacionamentos, de cidade ou mesmo interior se  não fores persistente e consistente nada acontecerá. Dedico diariamente, no mínimo, uma hora para me trabalhar seja numa leitura, numa meditação, num silêncio, num passeio ou numa reflexão. Dedico-me diariamente porque sei que a tendência é esquecermo-nos de nós. Da mesma forma que aquele que venceu a maratona precisa de treinar novamente para que volte a acontecer também nós temos de nos treinar diariamente para nos darmos importância e atenção.

 

Quanto tempo tens dedicado a ti? Quando foi a última vez que te dedicaste a ti?

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

Inspiração e Motivação

01
Nov18

O amor é cego

Marta Leal

Novembro.png

 

 

#oamorécego

#Marta Leal

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

Conta a história que há muito muito tempo   existia um casal de velhinhos, que não tinha filhos, que moravam numa casa humilde de madeira e que tinham uma vida muito tranquila, alegre e com muito amor. Pode-se dizer que eram muito felizes.

 

Um dia a senhora teve um acidente. Houve um incêndio e as chamas atingiram o seu corpo todo. O marido acordou com os gritos e tentou ajudá-la o melhor que soube, tendo mesmo, ficado, também ele, queimado nos braços.

 

Quando os bombeiros chegaram restava muito pouco da casa. Tinha sido toda consumida pelas chamas. O casal foi transportado para o hospital, mas foi a senhora que cuidados inspirava, pois, o fogo tinha-lhe atingido grande parte do fogo e do rosto.

 

Quando finalmente se puderam ver ela disse-lhe:

 

- Está tudo bem, meu querido? – Sim, respondeu ele, é pena que o fogo tenha atingido a minha visão e que tenha ficado cego. Mas fica tranquila que a tua beleza ficou gravada para sempre no meu coração.

 

- Ainda bem que Deus te tirou a visão, as chamas queimaram-me o rosto e transformaram-me num monstro.

 

Depois de recuperados voltaram para uma nova casa onde o clima de amor continuava instalado. Ela fazia tudo por ele. Ele dizia-lhe diariamente o quanto a amava. E assim viveram mais 20 anos até que a mulher faleceu.

 

No dia do seu funeral, quando todos se despediam apareceu o marido sem bengala e sem óculos escuros. Aproximou-se do caixão, beijou-a no rosto e murmurou: Como és linda meu amor.

 

Um amigo de longa data perguntou-lhe o que se tinha passado, se tinha acontecido um milagre para que tivesse voltado a ver. Foi quando o velho senhor lhe respondeu:

 

- Eu nunca estive cego. Apenas fingi quando a vi toda queimada porque sabia que seria muito duro para ela viver daquela maneira. Foram vinte anos em que vivemos ainda mais felizes e apaixonados.

 

Nenhum amor sobrevive sem dedicação, entrega e certeza!

(autor desconhecido)

Desejo-te um novembro inspirador,

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

Inspiração e Motivação

25
Out18

AMOR ATRAI AMOR

Marta Leal

 

bride-1837148__340.jpg

 

#amoratraiamor

#Marta Leal

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

“ E … encontrar o meu príncipe encantado”  escreveu-me ela, em resposta a um trabalho que lhes sugeri fazer depois de termos terminado o curso.

 

Devo confessar que gosto quando me dizem isto. Gosto de perceber que as pessoas sonham e acreditam naquilo que sonham.  Gosto quando o encontrar o amor vem depois de nos termos encontrado a nós. E foi exatamente isto que aconteceu com Maria. Chama-se Maria, mas podia chamar-se outro nome qualquer. Passaram uns meses e voltámo-nos a encontrar noutra formação. Notei-lhe um brilho diferente quer no olhar quer no discurso. Confidenciou-me que tinha atingido o objetivo e que estava feliz. Não precisava de confidenciar porque sentia-se à distância. Quando vivemos em amor espalhamos amor por onde quer que passemos! Quando vivemos em amor contagiamos sorrisos e vontades.

 

- O meu nome é Maria, tenho 57 anos, e namoro com o meu primeiro namorado.

 

A sala encheu-se de sorrisos dignos de ficarem registados para sempre. Podia lamentar não ter registado o momento de forma fotográfica, mas o que interessa é que ficou registado na minha memória. E acredito que na memória de todos os que assistiram! É isto que acontece quando fazemos parte de um todo: a felicidade de um torna-se a felicidade de todos.

 

E da próxima vez que pensares que já e tarde para encontrares o amor lembra-te da Maria. Lembra-te da Maria e de todos os outros que depois de se amarem a si perderam o medo de amar.

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

Inspiração e Motivação

25
Set18

Pedras no caminho

Marta Leal

person-1209310__340.jpg

 

 

#pedrasnocaminho

#Marta Leal

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

 

"Conta a lenda que há muitos, muitos anos, um rei colocou uma pedra enorme no meio de uma estrada. Escondeu-se e ficou a observar para ver se alguém tiraria a imensa rocha do caminho. Alguns mercadores e homens muito ricos do reino passaram por ali e simplesmente deram a volta pela pedra. Alguns até esbravejaram contra o rei dizendo que ele não mantinha as estradas limpas, mas nenhum deles tentou sequer mover a pedra dali. De repente, passa um camponês com uma boa carga de vegetais. Ao aproximar-se da imensa rocha, ele pôs de lado a sua carga e tentou removê-la dali. Com muito esforço e suor, ele finalmente conseguiu mover a pedra para o lado da estrada. Então, voltou a pegar a sua carga de vegetais quando notou que havia uma bolsa no local onde estava a pedra. A bolsa continha muitas moedas de ouro e uma nota escrita pelo rei que dizia que o ouro era para a pessoa que tivesse removido a pedra do caminho. O camponês aprendeu o que muitos de nós nunca entendeu:

 “Todo obstáculo contêm uma oportunidade para melhorarmos nossa condição”."

Autor Desconhecido

(adaptado de versão retirada da internet)

24
Set18

Ouve com o coração

Marta Leal

 

daisy-712892_960_720.jpg

 

 

#ouvecomocoração

#Marta Leal

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

Há momentos em que a vida insiste em ir em sentido contrário aquilo que definiste. Que os planos se trocam e as vontades são contrariadas. Normalmente quando isso acontece colocamo-nos no papel de vítimas das circunstâncias. E lamentamo-nos! E não percebemos que o lamento nos retira força, vontade e brilho. Especialmente o brilho! E pessoas sem brilho tornam-se baças, cinzentas e até maçadoras.

 

Mas será que podemos fazer diferente? Claro que sim! acredito que se não acontece é porque algo melhor está para vir. Algo que vai ser ainda mais importante do que aquilo que tinhas planeado. Sabes que por vezes trocamos a vida que merecemos pela vida que decidimos planear? Da próxima vez que os teus planos não derem certo respira fundo, agradece e confia. Quando confiamos mantemos o brilho! O tal brilho que tanta falta nos faz.

 

Da próxima vez que os teus planos não derem certo ouve a mensagem com o coração! Deixa de racionalizar e sente que há uma razão superior para tal ter acontecido! Confia. Continua a confiar e a caminhar rumo aquilo que sabes que é teu!

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

Inspiração e Motivação

23
Set18

Bem Vindo Outono!

Marta Leal

autumn-2789234__340.jpg

 

 #bemvindooutono

#Marta Leal

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

Sou muito de Outono. Mais de Outono do que de primavera! Associo sempre a entrada do Outono como o regresso a casa. O regresso ao aconchego dos cheiros e às cores de que gosto tanto.  Os primeiros cheiros a lareira acesa, a castanhas assadas e a terra molhada. Aqueles cheiros que me transportam para outros tempos, outros dias, outra vida e outras pessoas. É romântico, para mim o outono cheira-me a romantismo.

A meu ver o outono traz com ele o conceito de despedida e de encontro. De despedida daquilo que já não serve e de encontro com um recolhimento que tanta falta nos faz. Gosto da ideia de me recolher e de me aconchegar ao que e a quem me faz sentido. Não gosto tanto da ideia de despedida! Largar o que não me serve, por vezes, deixa-me triste! Embora não me sirva e saiba que quando largo algo deixo que o novo entre e se instale. A teoria é tão mais fácil do que a prática! Dizer-vos o contrário seria mentir. Dizer-vos o contrário seria não ser honesta com a minha essência e com o meu ser.

Agora que entramos no outono, sugiro-te que:

  • Tal como as árvores soltam as folhas que também tu soltes aquilo que já não te serve;
  • Que te recolhas a ti e tomes consciência de quem és na realidade;
  • Que te aceites tal qual como és.

Á medida que vais trabalhando a autoaceitação deves olhar para a tua capacidade de acolher mudanças na tua vida. Isto pode parecer um paradoxo. Então se estás a querer conhecer-te não será porque queres mudar? Nem sempre! O facto de nos aceitarmos exatamente como somos não significa que nos estamos a comprometer com a mudança!

Será que estás mesmo disposto a mudar?

 

Boa Semana e excelentes inspirações!

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

Inspiração e Motivação

17
Set18

E existe alguma coisa melhor do que um coração grato?

Marta Leal

 

heart-2323961__340.jpg

 

 

Estamos a dia dezassete de dois mil e dezoito, mas poderíamos estar num outro dia, mês ou ano qualquer.  Os meus dias sucedem-se muito diferentes uns dos outros até porque a rotina, por aqui, tem uma certa dificuldade em instalar-se. Não foi a melhor semana do ponto de vista pessoal e foi uma semana fantástica do ponto de vista profissional. Não fosse eu uma mulher de equilíbrios!

 

Sou muito mais de risos do que de choros e de felicidade do que de tristeza. E isto apenas porque assim o decido fazer. Não sou melhor que tu apenas diferente. Se eu o faço tu também o podes fazer.  A minha capacidade em lidar com as adversidades, os obstáculos ou mesmo as desilusões facilita-me a vida e poupa-me imenso tempo de choro e de vitimização. Mas a verdade é que existem aqueles momentos que nos entristecem. Que nos entristecem de uma forma tal que as lágrimas secam e a dor instala-se. É como se a tristeza nos sugasse toda e qualquer energia que pudéssemos ter. Mas hoje ao contrário de ontem, quando passo por estes momentos, aceito. Aceito a tristeza, bem como os pensamentos e sentimentos que lhes estão associados. Aceito e sigo em frente, sem olhar para trás.  Sigo em frente, mas sigo diferente. Porque a cada pedra que encontro no meu caminho corresponde uma aprendizagem. E quando aprendemos, crescemos! E quando crescemos a nossa alma fica mais livre e o nosso coração mais grato.

 

E existe alguma coisa melhor do que um coração grato?

 

Boa Semana e excelentes inspirações!

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

Inspiração e Motivação

 

11
Set18

Fazer o bem!

Marta Leal

maria_cole_a_p.jpg

 

“Numa noite, estava uma senhora negra, americana, numa estrada no estado do Alabama enfrentando uma tremenda tempestade. O carro dela tinha avariado e , precisava, desesperadamente, de uma boleia. Completamente molhada, começou a acenar para os carros que passavam. Ninguém parou para a ajudar, com exceção de um jovem branco, que parecia que não tinha conhecimento dos acontecimentos e conflitos raciais dos anos 60.

O rapaz colocou-a num lugar protegido, procurou ajuda mecânica e chamou-lhe um táxi. Ela parecia estar realmente com muita pressa, mas conseguiu ficar com a morada dele para lhe poder agradecer “como deve ser”.  Passaram-se sete dias quando bateram à porta da casa do rapaz. Para surpresa dele, tinham-lhe mandado uma enorme TV a cores que trazia um bilhete-que dizia: Muito obrigada por me ajudar na estrada naquela noite. A chuva não só tinha encharcado as minhas roupas como também o meu espírito. Foi aí que você apareceu, e assim consegui despedir-me do meu marido antes dele morrer.  Sinceramente, Mrs. Nat King Cole. “

 

Autor desconhecido

(adaptado de uma versão da internet)

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

Inspiração e Motivação

04
Set18

Só muda quem se atreve a fazê-lo!

Marta Leal

adventure-2548133__340.jpg

 

 

- Já viste como aquela casa do canto está tão gira? Foi ótima a ideia de a terem recuperado. Sempre gostei daquela casa – disse eu

 

- Eu fazia diferente – respondeu-me ele enquanto descrevia tudo aquilo que iria fazer diferente, se fosse ele a fazer.

 

É tão fácil mandarmos na vida dos outros! Naquele momento tive consciência de como ele funcionava. Não por aquela conversa em especial, mas por toda uma soma de conversas que acabavam sempre no “se fosse eu” ou, no caso de pessoas, “também tem uma linda história”.  Relembrei-me da resposta que me deu quando comentei o quanto gostava do carro novo da amiga comum. Não só me disse que era uma “porcaria” como acrescentou um mordaz “vamos lá ver se tem dinheiro para pagar”. Não pensem que é má pessoa. Não é. Tem um coração enorme e uma generosidade do tamanho do mundo e talvez tenha sido isso que nos uniu numa amizade mais presente. Mas não bastou. A mim não bastou.

 

Acabámos por nos afastar. Naturalmente afastamo-nos do que não gostamos e aproximamo-nos do que nos faz bem. Tenho tendência a ficar pouco tempo perto dos que são negativos, dos que se validam através dos outros e dos que apontam a sombra em pessoas que têm tanta luz.

 

E é isto que alguns fazem. Constroem vidas, sonhos, casas e projetos em cima da vida dos outros.  Fariam sempre melhor porque se fossem eles tinham uma solução mais acertada. Focam-se no outro porque é demasiado doloroso focarem-se neles próprios. Focam-se no que fariam porque é demasiado doloroso fazer!

 

Quanto a nós vamo-nos cruzando de vez enquanto num café mais de corrida. Percebo o processo, vou lançando sementes de mudança e esperando que um dia, talvez um dia, se decida a mudar.  Porque a verdade é que só muda quem se atreve a fazê-lo!

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

Inspiração e Motivação

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Marta Leal

    Olá Maria João, que bom que assim é :) Não sei se ...

  • Maria João

    Pois eu gosto de todas as pessoas... aliás defendo...

  • Marta Leal

    Olá Laura, que sentido teria a vida se não falasse...

  • Laura

    Muitos Parabéns pelo livro! Precisamos de mais liv...

  • petra

    Muito boas as tuas dicas e conselhos,adorei a tua ...

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D