Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amor Próprio

... Blogger, coach, palestrante, autora, contadora de histórias, formadora e uma apaixonada pela vida ...

Amor Próprio

09
Abr19

Não gosto de todas as pessoas!

Marta Leal

 

gas-mask-1299143__340.png

 

#nãogostodetodasaspessoas

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

Não gosto de todas as pessoas com que me cruzo nem tão pouco gosto de todos aqueles que conheço. Dizer o contrário era unir-me às vozes dos que defendem que somos todos boas pessoas e aliar-me aos que por uma questão do "politicamente correto" se forçam a viver uma emoção que não é sentida. Não. Não acredito que sejamos todos boas pessoas. Não gosto e não tenho de gostar.  Existem pessoas más. Existem pessoas que sem qualquer escrúpulo manipulam, enganam, humilham e destroem outras pessoas como se nada fosse. Tenho dificuldade em relacionar-me com a maldade gratuita e a maledicência cultural. Confunde-me os que se riem e aproveitam da desgraça alheia, os que perante uma injustiça rejubilam e festejam a queda dos demais. 

 

Vou mais longe. Não só não gosto como não mantenho por perto. Porque perto de mim só quero aqueles que me fazem sentido. Aqueles que são meus, aqueles que se movem pelos mesmos valores, que integram os mesmos desejos e que sabem que fazem parte de um todo. Mas atenção que não gosto, mas respeito e se, por qualquer razão,  tiver de conviver,  convivo.

 

Assumir que não gosto de todas as pessoas foi, em determinada altura, libertador. Livrei-me da culpa e assumi a responsabilidade. E isso levou-me à tomada de consciência de que o facto de não gostar de certas pessoas está mais relacionado com aquilo que eu sou do que com o que elas são. E esse é um principio que é importante que sigas. Perceber  que qualquer pensamento que tenhas, qualquer emoção que sintas, qualquer ação que faças está mais relacionado com quem és do que com o que os outros são.

 

Com o avançar na idade percebi que viver de acordo com a nossa verdade faz muito mais sentido!

 

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/

✔️ Site 👉 www.martaleal.pt

✔️ Email 👉 martaleal@outlook.pt

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

 

18
Mar19

Sobre o crescimento da alma

Marta Leal

emotional-50309__340.jpg

Há dias em que percebo que é na escrita que me revelo. Muito mais do que na forma como me apresento ou nas palavras que debito. Na escrita existe uma entrega sem interrupções, sem pressões e sem qualquer tipo de castração. Estou mais entregue a mim, aos meus pensamentos e à minha intuição.

 

Reparei hoje que há cerca de dois meses que não “blogo”. Se 2018 foi de reflexão, 2019 está a ser de concretização. Entre apresentações do livro, entrevistas, preparação de novo site, criação de novas formações, novos projetos na educação de adultos, projeto de novo livro, consultas de desenvolvimento pessoal, palestras e formações o tempo vai passando e as palavras ficam apenas em forma de pensamento.

 

Fiz 50 anos há cerca de catorze dias. E ao chegar aos 50 percebo que afinal aquela frase que tantas vezes li e ouvi, mas sobre a qual não refleti, é verdadeira. O tempo passa rápido. E, não vou cair na tentação de vos dizer para aproveitarem, para viverem ao máximo, para seguirem os vossos sonhos porque isso já todos sabem. A verdade é que somos muitos a saber que a vida passa rápido, mas somos poucos a refletir e a integrar essa verdade. Porque se integrássemos faríamos diferente. Acredito que se integrássemos criaríamos mais relações e menos afastamentos.

 

No mês em que completo os meus 50 anos peço-vos para aceitarem o envelhecimento. Aceitarem que o envelhecimento nada mais é do que um crescimento da alma. E uma alma “crescida” assume rugas, percursos, escolhas e diferenças. Porque uma alma “crescida” sabe que o mundo é muito mais do que palavras e aparências. Porque uma alma “crescida” sabe que tem um propósito e que esse propósito envolve todas as outras almas com quem se cruza.

 

E, no dia em que a minha alma partir quero levar comigo todas os sorrisos, palavras, experiências e a certeza de que vivi uma vida que mereceu ser vivida! No dia em que a  minha partir quero sentir que a honrei no ser e no estar!

 

 

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/

✔️ Site 👉 www.martaleal.pt

✔️ Email 👉 martaleal@outlook.pt

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

12
Jan19

Organiza-te no Amor

Marta Leal

livro2.jpg

#organiza-tenoamor

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

 

A poucas horas de mais uma apresentação do meu livro “organiza-te no amor” revejo-me num sonho de infância/adolescência. Passava horas a ver “murder she wrote” e a imaginar-me no papel de Jessica Fletcher que passava os dias a escrever e a viajar para divulgar os livros. Pelo caminho resolvia crimes sempre de um modo bem-disposto e intrigante.  Hoje sei que foi esta personagem que me fez acreditar que a qualquer momento podemos mudar de vida e realizar um sonho.  Hoje percebo o modelo que estou a seguir.

 

Substitui os crimes por uma história de amor. Substitui a resolução de crimes por aulas de desenvolvimento pessoal, mas a base está lá. E é tão bom quando reconhecemos que estamos a seguir um modelo e um sonho que conscientemente não nos lembrávamos sequer.  

 

Aquilo que era a realização de um sonho está a transformar-se em algo maior. Abro-vos a curiosidade com o início do livro e aproveito para agradecer toda a procura que o livro tem tido. Agradeço de coração cheio e sorriso enorme!

 

“Li algures que conhecer as pessoas é como ler um livro. Vê-se a capa e tiram-se conclusões. Aproximamo-nos daquilo com que nos identificamos e temos tendência a repelir o que à primeira vista não faz parte de nós. Estranhamos o diferente e sentimo-nos seduzidos por aquilo que mais se identifica connosco. Muitas vezes ficamo-nos pela capa enquanto franzimos o nariz num ato mais ou menos de desdém.

Quantas aventuras estaremos a perder?

Quanto histórias nos estaremos a impedir de conhecer?

Outras vezes olhamos com curiosidade e atrevemo-nos a ir muito mais além da capa. Difícil é, nos dias de hoje, chegar ao fim de um livro.

                A vida raramente é aquilo que definimos, aquilo que um dia sonhámos ou mesmo aquilo que entendemos que seja. As pessoas nem sempre são aquilo que pensamos que são, aquilo que queremos que sejam ou aquilo que entendemos que devem ser, porque, afinal, não se trata de nós, trata-se apenas delas.

                Pelo caminho temos ilusões e desilusões, sonhos desfeitos e sonhos alcançados, vitórias e derrotas, amores e desamores, risos e choros e muitas, mas mesmo muitas dúvidas e certezas. Enquanto vivemos, misturamos ingredientes, alteramos rotas, questionamos vontades e avançamos, nem sempre com a certeza de estarmos onde devemos estar e estarmos com quem queremos estar.

                Este livro é dedicado àqueles que se atrevem para lá do desconhecido. Aos que saem da sua zona de conforto e decidem ser o que querem ser. Aos que decidem amar de coração cheio e viver, porque é disso que se trata: viver!”

 

 

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/
✔️ Site 👉 www.martaleal.pt
✔️ Email 👉 martaleal@outlook.pt

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

06
Jan19

Faz da tua vida inspiração

Marta Leal

 

43083216_327823931313042_2065545430158016512_n.png

 

#fazdatuavidainspiração

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

Ao fazer o balanço dos resultados referentes ao ano passado percebi que existiram duas situações que me preencheram: o curso “faz da tua vida inspiração” e o livro “organiza-te no amor”.

 

O curso surgiu de algumas situações que constatei nos últimos anos. A dificuldade que temos em focarmo-nos em nós e naquilo que desejamos, a falta de autoconhecimento, a falta de autoaceitação, a dificuldade na gestão emocional, entre outras. Começámos em junho de 2018 e os resultados não podiam ser melhores. Em mais de 100 inscrições recebemos apenas um pedido de desistência do curso (nos primeiros 3 dias) e os feedbacks não podiam ser melhores.

 

Estivemos cerca de 6 meses com um preço promocional e a meio do caminho decidimos oferecer 10% das inscrições a uma associação de apoio animal. Temos ajudado a fazer a diferença e sei que vamos continuar a fazê-lo. E é isso que me move diariamente, deixar o mundo melhor do que aquilo que encontrei.

 

Inspiramo-nos nos outros e esquecemos que podemos fazer da nossa vida inspiração, para nós e para aqueles que nos rodeiam. Este curso, tem como objetivo:

 

  • Que te conheças
  • Que te aceites
  • Que aprendas a decidir
  • Que aprendas a fazer escolhas
  • Que te foques em ti em primeiro lugar
  • Que te coloques em primeiro lugar
  • Que vivas a vida que mereces viver
  • Que largues o que não te serve
  • Que acredites nos teus sonhos
  • Que transformes os teus sonhos em objetivos
  • Que vivas a tua essência
  • Que faças da tua vida inspiração!

 

Vamos falar de ti, de amor, de objetivos, de dor, de sofrimento, de vida, de morte, de sonhos, de foco, de resiliência, de persistência, de crescimento, de força de vontade, de energia, de ação, de amizade, de escolhas, de decisões, de desapego, de linguagem verbal e linguagem não verbal, etc.

 

Como?

Através de exercícios de reflexão, filmes, histórias, perguntas e alguma teoria.

 

Base?

A base desta formação são o coaching, a hipnose conversacional, a teoria da força de vontade, inteligência emocional, inteligência espiritual, a programação neurolinguística, Louise Hay e toda a aprendizagem que tenho tido com os clientes em sessão.

 

Processo?

O curso começa dois dias depois da inscrição e o pagamento serem feitos.

O curso é totalmente online. Diariamente receberá um email com o desafio diário e, sugiro que faça todos os exercícios propostos num caderno apenas para esse efeito. Fica o seu diário!

 

Duração?

365 dias

 

Valor?

25€ mês se pago mensalmente.

250€ se pago na totalidade.

 

 

Certificado?

No final será entregue um certificado de participação.

 

Atreves-te?

 

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/
✔️ Site 👉 www.martaleal.pt
✔️ Email 👉 martaleal@outlook.pt

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

05
Jan19

Dias que nos derrubam

Marta Leal

 

checkmate-1511866_960_720.jpg

 

 

#diasquenosderrubam

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

Desliguei o telefone com uma sensação de impotência. Existem momentos em que nos sentimos de pés e mãos atadas. Mesmo que tenham sido as nossas decisões que nos levaram a esses acontecimentos.  E em situações dessas sinto-me esmagada pela avalanche de pensamentos que teimam em aparecer.  São os dias que me derrubam ou, melhor escrevendo, são os dias em que me deixo derrubar. Sim. É verdade existem dias em que me deixo derrubar!

 

Existem dias que de tão duros que são nos fazem sentir tal e qual um saco de boxe. São os dias que nos testam, que nos amassam, que nos colocam dúvidas e nos fazem questionar as escolhas que fizemos, os passos que demos e os caminhos que percorremos. São os dias em que perdemos a paciência, a tolerância e fazemos birra de tão contrariados que nos sentimos. É neles que nos permitimos choramingar, parar e rendermo-nos ao facto de que há momentos em que se torna mesmo necessário encostarmo-nos à margem e esperar que a maré mude.  

 

Remar contra a maré é esgotares-te, perderes-te de ti e daquilo em que é suposto estares focado. Da próxima vez que um dia te derrubar, deixa-te cair. Aproveita a queda para descansares e te redefinires. É, exatamente, no momento em que assumes a tua fraqueza que te tornas mais forte, sabias?  

 

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/
✔️ Site 👉 www.martaleal.pt
✔️ Email 👉 martaleal@outlook.pt

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

04
Jan19

Não sei o que fazer à minha vida

Marta Leal

life-2858752__340.png

#nãoseioquefazeràminhavida

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

- Não sei o que fazer à minha vida – disse-me ela.

 

Instalou-se enquanto as palavras lhe saiam mais rápidas que os gestos. Diria até que a descoordenação era total. Os gestos demonstravam cansaço. As palavras demonstravam uma luta pela sobrevivência.

 

Ouço esta frase muitas vezes. Seja em ambiente de formação, seja em ambiente de sessão ou mesmo nas relações pessoais. Existiram momentos da minha vida em que também as ouvi na minha cabeça. E, pode ser que me engane, mas vão existir momentos em que as vou voltar a pensar ou mesmo verbalizar. Faz parte. A vida é feita de momentos bons e momentos menos bons. Feita de situações totalmente claras e situações que nos deixam confusos, desconfiados e com a sensação de impotência.  Termos a noção de que não sabemos o que fazer à nossa vida é o primeiro passo para seguirmos em frente.

 

A ti que já passaste ou passas por isso só te posso dizer que é normal. É normal que questiones caminhos, vontades, formas de estar e de ser. É normal que aquilo que pensaste ser seguro o deixe de o ser. É normal que o caminho que pensaste que era certo não o fosse e que aquilo que esperas não chegue no momento em que pensaste que chegaria.

 

Passares por isso faz parte da tua evolução e do teu crescimento pessoal. Sentires-te perdido e sem saber o que fazer faz parte de um questionar que a maioria de nós não faz. Lembra-te que a ordem nasce do caos!

 

Se me permites sugiro que pares e que olhes à volta. Que percebas o que te trouxe ao momento onde estás, mas sem qualquer tipo de julgamento. Olha para os factos apenas como factos. Depois decide o modo como vais lidar com a situação. Tomar a decisão de mudança é o primeiro passo para saíres de onde estás e caminhares para onde queres ir.

 

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/
✔️ Site 👉 www.martaleal.pt
✔️ Email 👉 martaleal@outlook.pt

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

03
Jan19

Conta-se por aí!

Marta Leal

gratidão.jpg

#Conta-seporaí

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

"Conta a lenda que três homens, sendo um ingrato, um conformado e um generoso, foram visitados, no mesmo instante e local, por um génio saído da lâmpada.

Diante da situação um deles falou:

- Génio, que nos trazes?

- Rosas! - Disse o génio.

E abrindo o seu manto mágico, dele retirou três lindos bouquet de rosas, que ofereceu aos visitantes, entregando um a cada um. Antes de partir, olhou-os fixamente, percebendo algum desapontamento por conta da simplicidade de sua oferta, justificou-se:

- Rosas ... porque elas são jóias de Deus: deixam a vida mais rica e bela!

Os homens entreolharam-se surpresos e, após se despedirem, cada um seguiu o seu destino, dando finalidade diferente ao presente recebido.

O ingrato, maldizendo a sua falta de sorte por ter encontrado um génio e dele ter recebido apenas flores, deitou-as ao rio.

O conformado, embora entristecido pela singeleza do presente, levou-as para casa, depositando-as num jarro.

O generoso, feliz pela oportunidade que tinha em mãos, decidiu repartir o seu presente com os outros. Foi visto pela cidade distribuindo rosas, de ponta a ponta, com um detalhe: quanto mais rosas oferecia, mais o seu bouquet crescia de tamanho, beleza e perfume. No final do dia, regressou a casa com uma carruagem repleta de rosas.

No dia seguinte, no mesmo local e instante, os três homens reencontraram-se e, de súbito, ressurgiu o génio da véspera.

- Génio, que desejas? - disse um deles.

- Que as vossas rosas se transformem em jóias! - disse o génio.

Desta forma, o homem generoso encontrou em casa uma carruagem repleta de jóias, extraordinariamente belas, tornando-se um rico comerciante.

O homem conformado, regressou imediatamente ao seu lar, e encontrou, pendurado sobre o jarro onde depositara as rosas, um lindo e valioso colar de pérolas. Resignou-se em oferece-lo à sua esposa.

O homem ingrato, dirigiu-se ao lugar onde mandou fora as rosas, viu, refletindo sobre as águas, um brilho intenso, próprio de jóias valiosas, que desapareceram da sua visão quando se atirou ao rio com o propósito de alcança-las."

autor desconhecido

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/
✔️ Site 👉 www.martaleal.pt
✔️ Email 👉 martaleal@outlook.pt

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

01
Jan19

Feliz2019

Marta Leal

Um brinde a 2019! (1).png

#Feliz2019

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

Quem me acompanha há mais tempo sabe que os recomeços me fascinam. Despeço-me muito rapidamente do que fica para agarrar o que vai chegar. Funciono assim com projetos, roupas, casas, carros e, imagine-se, até com pessoas. Tenho uma facilidade em largar tal é a vontade de viver o novo. A verdade é que sou pouco saudosista e raramente olho para trás. Talvez por isso tenha facilidade em largar, em mudar,  em aceitar o envelhecimento e em seguir em frente, por muito incerto que seja o caminho.

 

2018 foi uma montanha russa de emoções e de acontecimentos. No campo pessoal diria que foi um ano de introspecção onde caminhei mais sozinha e onde reforcei a minha paixão por Itália, pela formação, pela causa animal e pelo amor que tenho às letras. Escrevi um livro e consolidei não só amizades mas também projetos. Farto em horas de trabalho e escasso em horas de sono é sem dúvida o ano onde algumas amarras se soltaram e onde o voo foi intenso. 

 

 

O ano passado pedia-te que vivesses de acordo com quem és e com o que te faz sentido. Este ano relembro-te a necessidade de te assumires no todo para que possas fazer da tua vida inspiração! 

 

Quanto a mim comprometo-me a fazer deste ano o melhor de sempre e tu? qual é o teu compromisso para 2019?

 

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/
✔️ Site 👉 www.martaleal.pt
✔️ Email 👉 martaleal@outlook.pt

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

17
Dez18

Obrigada

Marta Leal

moscaeeu.jpg

#Organiza-tenoamor

#Marta Leal

#amorpróprio

#apresentaçãodolivro

 

Se tivesse que definir o meu ano diria que tinha sido um ano de concretização e de conclusão.  E o dia 16 de dezembro de 2018 vai ficar na minha memória. E vai ficar na memória não apenas por ter sido o dia do lançamento do meu primeiro livro, mas, principalmente, por aqueles que me acompanharam nos sorrisos, na presença, nas mensagens e numa apresentação que me fez choramingar.

 

Somos mais ricos quando somamos sorrisos, amizades, presenças e gestos. Somos mais ricos quando temos a coragem de eliminar aquilo que nos faz bem e alimentar aquilo que nos enche e preenche.

 

Muito obrigada aos que estiveram comigo neste dia de corpo e alma. A minha vida nunca mais vai ser aquilo que era! Existem dias que sabemos que nos mudam para pior e existem dias que sabemos que nos vão mudar para muito melhor!

 

E agora, deixo-vos com as palavras deliciosas de quem tão bem me conhece e tão bem me apresentou.

 

Este é um dia muito feliz, porque marca o início de uma grande aventura: a aventura da Marta nos livros. Já a conhecemos pelo seu trabalho e agora estamos a conhecê-la através das letras. E é também uma aventura para os leitores, que se arriscam a andar numa montanha-russa. Ainda bem que resolveu tornar a sua escrita conhecida, porque o mundo dos livros está incomensuravelmente mais rico!

 

Portanto, Marta, hoje é um novo princípio!

 

Este dia, apesar de ser o corolário de largos anos de muito trabalho, de muita dedicação, empenho e compromisso com o que sabes fazer de melhor, que é inspirar as pessoas que a ti recorrem, e ajudá-las a evoluir, é o início de uma nova fase da tua vida.

 

Contudo eu diria outra coisa: é uma nova fase da vida de quem tiver a oportunidade de ler os teus livros. E falo no plural, livros, porque sei que este é o primeiro, sei que não é o único.

A Marta, para além de minha amiga, é como uma irmã, e só posso dizer que é um tremendo orgulho estar aqui hoje, a falar de uma profissional cujo trabalho se reflete na vida das pessoas de uma maneira excecional.

 

E porquê? Porque desconstrói o Coaching, no sentido de colocar em causa todos os dogmas da profissão, os princípios, as técnicas, que conhece como ninguém, mas que não a travam e impedem de ir mais longe – a atuação da Marta como Coach vai muito para além da técnica. E é este o seu segredo!

 

A leitura que faz das pessoas, nomeadamente dos seus clientes, e entenda-se leitura como análise sistemática, que é técnica mas também é empática, utilizando a sua inteligência emocional, é tão eficaz que lhe permite trabalhar com elas em completa sintonia – chega à essência das pessoas, muitas vezes sem que elas se apercebam.

 

Por estas razões é que a Marta é uma das melhores profissionais a nível mundial. Sem exageros, sem imodéstia. Simplesmente é!

 

A Marta propõe a desagregação, a decomposição, de todos os preconceitos e crenças, e propõe um profundo abanão na nossa estrutura de valores e princípios, em busca, sempre, da verdade. E esta verdade é aquela que dói, se necessário for. É esta verdade, sem floreados e cornucópias barrocas, sem panos quentes e sem quaisquer cedências, que nos faz crescer.

 

É esta verdade que surge no livro quando uma das personagens, o Paulo, diz que, se quer contar a sua história, só faz sentido se for com toda a verdade, questionando logo a seguir, e passo a citar: “E se me impedir que as letras saiam com medo do que vocês possam pensar, não será que me estou a impedir de ser eu mesmo?”. Isto, meus caros, é uma epifania que se aplica ao nosso comportamento, no nosso dia-a-dia.

 

É este desafio constante, o olhar para dentro de nós sem narizes empinados e sem pretensiosismos, e a assunção do que somos, sem medos, que a Marta estimula. E isto é um feito que não é para todos. Não posso deixar de referir uma das muitas mensagens que perpassa este livro: a de que somos todos iguais!

 

O Bordallo, o Saramago, o Eça, e outros ilustres, estão na tumba, com toda a certeza, a gargalhar com esta passagem magnífica: “Não existem príncipes encantados nem princesas à espera de serem salvas. Existem pessoas iguais a si. Com histórias de vida, crenças, hábitos, rotinas, saberes, medos, desejos e ideias muito próprias sobre a vida e o amor. Essas pessoas são iguais a si, logo têm odor corporal, são capazes de arrotar, defecam e até podem ressonar. Se é dos que ainda está ligado a contos de fadas aconselho-o a ver o único que não nos induziu em erro, o Shrek.” Esta vívida afirmação não deixa margem para dúvidas: a aceitação, de nós próprios e do outro, é outra das ideias-chave deste livro.

 

E que coisa maravilhosa: a técnica a ser romanceada.

 

E agora, diretamente para ti Marta:

 

Através deste livro dizes-nos que o Amor pode não esperar, não se compadece com egos, com indecisões, com hesitações e com silêncios.

 

Colocas o dedo mesmo no meio da ferida, e mostras que não podemos comprometer o nosso futuro a expensas do nosso passado.

 

Abordas a realidade sem baraço e agarras o leitor numa narrativa absorvente.

 

Espalhas uma mensagem de esperança, e estimulas o auto-conhecimento e o desenvolvimento pessoal.

 

Atiças a vontade de atingir a felicidade, e validas essa possibilidade.

 

Pões o teu Amor de mãe no que sabes fazer de melhor, que é cuidar das pessoas que te procuram, não fosses tu uma grande Mãe. E isto é validado todos os dias através dos teus filhos, que sabem muito bem a mãe que têm.

 

E, já agora, obrigado por seres minha Amiga.

 

 

É isto meus caros, termino dizendo que o trabalho da Marta liberta-nos do medo de sermos nós mesmos!”

 

Miguel Mósca

16 de Dezembro de 2018

 

Para encomendas: martaleal@outlook.pt

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/
✔️ Site 👉 www.martaleal.pt
✔️ Email 👉 martaleal@outlook.pt

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

Inspiração e Motivação

02
Dez18

Organiza-te no Amor

Marta Leal

 

Livro.jpg

 

#Organiza-tenoamor

#Marta Leal

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

 

“Um dia perguntei a um grande amigo que livro deveria escrever. “Escreve com o coração” respondeu-me ele, de forma sucinta. Foi justamente essa resposta que me fez compreender que em vez de andar preocupada com aquilo que os outros pudessem querer que eu escrevesse eu deveria sentir aquilo que me apetecia escrever. Escrever para mim e não para os outros! Cheguei à conclusão de que, mais do que escrever com o coração, deveria escrever de coração para coração”

 

Danço entre um pensamento lógico e um sentir intuitivo. Talvez por isso goste tanto de resultados, mas também de histórias de encantar. Sejam elas reais ou imaginárias. Nem sempre sigo aquilo que é esperado e muito menos aquilo que é imposto. Gosto das coisas simples ou não fosse eu uma mulher prática.

 

Este livro é o resultado de um eu na relação com os outros e na relação com os livros. É a concretização de um sonho onde a história se mistura com a realidade e os finais são aqueles que escolhemos.

 

Uma história, duas personagens e muitas perguntas que o poderão levar a tomadas de consciência e a viver o amor de forma diferente. Um olhar simples e prático sobre um tema que insistimos em complicar.

 

Para encomendas: martaleal@outlook.pt

 

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/
✔️ Site 👉 www.martaleal.pt
✔️ Email 👉 martaleal@outlook.pt

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

Inspiração e Motivação

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Marta Leal

    Olá Maria João, que bom que assim é :) Não sei se ...

  • Maria João

    Pois eu gosto de todas as pessoas... aliás defendo...

  • Marta Leal

    Olá Laura, que sentido teria a vida se não falasse...

  • Laura

    Muitos Parabéns pelo livro! Precisamos de mais liv...

  • petra

    Muito boas as tuas dicas e conselhos,adorei a tua ...

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D