Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Faz da tua vida a tua inspiração!

... Blogger, coach, palestrante, autora, contadora de histórias, formadora e uma apaixonada pela vida ...

Faz da tua vida a tua inspiração!

... Blogger, coach, palestrante, autora, contadora de histórias, formadora e uma apaixonada pela vida ...

Sobre os dias

02.03.21, Marta Leal

calendar-3045963_1920.jpg

Sempre gostei de março talvez porque antecipava os dias de sol, as tardes de esplanada, os cafés com as amigas, e aquele calor que chega bem devagarinho quase sem se dar por ele. Deveria ser o mês onde nos despimos de roupa, de isolamento, de recolhimento, e onde saíamos mais. É o segundo ano que está diferente, mas acredito que voltemos a fazê-lo e, que um dia a pandemia não passe de uma experiência distante que vamos contar aos nossos descendentes.

Mas voltemos a março! Voltemos a mais um março de recolhimento onde uns dias são vividos e outros apenas passam. É isso que fazemos com os nossos dias. Uns são vividos em pleno, outros nem damos por eles. E assim passam dias, semanas, meses e anos. Sei que é uma ideia demasiado romântica da coisa, mas devíamos viver os dias em pleno. Não direi que devia ser obrigatório porque ao fazê-lo apareceriam logo uma quantidade de pessoas a recusar-se a viver o dia mesmo que fosse para o seu bem, direi apenas que é um dever para connosco e para com a vida.

E atenção que não te digo que deves estar sempre “on fire” ou sempre a produzir. Sou das que penso que é importante estarmos desocupados. Que é importante termos tempo para nós e para não fazer nada. O que te digo é que tens de ter consciência do dia porque não foi mais um dia … foi o dia tal, do mês tal, do ano tal. E é disso que temos de ter consciência.

Viver o dia em pleno é senti-lo. É ter noção do que fizemos, do que pensamos, do que sentimos e do que nos permitimos. É chegar ao fim do dia com uma sensação de concretização ou de irritação, é sorrir ou chorar perante os acontecimentos do dia, é ter bons ou maus pensamentos, mas é, sem sombra de qualquer dúvida, ter consciência do dia. Daquele precioso dia que não volta e que se soma a tantos outros, esquecidos, que nos impedimos de viver.

Cuida de ti e lembra-te de cuidar do outro! Cuida do outro e lembra-te de cuidar de ti!

Sempre com muito amor!

#fazdatuavidainspiração

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/

✔️ Site 👉 www.martaleal.pt

✔️Email 👉 martaleal@outlook.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.