Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amor Próprio

... Blogger, coach, palestrante, autora, contadora de histórias, formadora e uma apaixonada pela vida ...

Amor Próprio

27
Set17

Qual é a vaca que existe na tua vida?

Marta Leal

 

child-1429190_1920.jpg

 

Por vezes agarramos-nos ao que temos mesmo que não estejamos confortáveis. Por vezes, ficamos-nos por uma relação que não nos serve, um emprego sem preenchimento e uma vida que não nos faz qualquer sentido. Temos medo do desconhecido e resignamos-nos ao que conhecemos. Mesmo que isso signifique ter menos do que sabemos merecer.

 

"Um sábio mestre e seu discípulo andavam pelo interior do país há muitos dias e procuravam um lugar para descansar durante a noite. Avistaram um casebre no alto de uma colina e resolveram pedir abrigo para aquela noite. Ao chegarem ao casebre, foram recebidos pelo dono, um senhor maltrapilho e cansado. Ele convidou-os a entrar e apresentou-lhes a sua esposa e os seus três filhos. Durante o jantar, o discípulo percebeu que a comida era pouca até mesmo para apenas os quatro membros da família e ficou incomodado com a situação. Olhando para aqueles rostos cansados e subnutridos, perguntou ao dono como é que eles se sustentavam. Consegue ver àquela vaca lá fora? Dela tiramos o leite que consumimos e fazemos queijo. O pouco de leite que sobra, trocamos por outros produtos na cidade. Ela é a nossa fonte de rendimento e de vida. Conseguimos viver com o que ela nos fornece.

 

O discípulo olhou para o mestre que jantava de cabeça baixa e terminou de jantar em silêncio. Pela manhã, o mestre e seu discípulo levantaram-se antes que a família acordasse e preparavam-se para ir embora quando o discípulo disse: - Mestre, como podemos ajudar esta pobre família a sair dessa situação de miséria? O mestre disse: - Queres ajudar esta família? Pega na vaca deles e empurra-a pelo precipício abaixo. O discípulo espantado disse: - Mas a vaca é a única fonte de rendimento desta família, se a matarmos eles ficam mais miseráveis e morrem de fome! O mestre calmamente repetiu a ordem: - Pega na vaca e empurra-a para o precipício. O discípulo indignado seguiu as ordens do mestre e mandou a vaca precipício abaixo, matando-a.

 

 

Alguns anos mais tarde, o discípulo ainda sentia remorsos pelo que tinha feito, decidiu abandonar o mestre e foi visitar aquela família. Voltou ao lugarejo e viu de longe a colina onde ficava o casebre, e olhou espantado para uma bela casa que tinha sido construída no seu lugar. - De certeza que depois da morte da vaca, ficaram tão pobres e desesperados que tiveram de vender o terreno a alguém com mais dinheiro, pensou o discípulo. Aproximou-se da casa e, quando entrou pelo portão, viu um criado e perguntou-lhe: - Sabe para onde foi à família que vivia no casebre que havia aqui? - Sim, claro! Eles ainda moram aqui, estão ali nos jardins. – disse o criado, apontando para a frente da casa.

 

O discípulo caminhou na direção da casa e pôde ver um senhor altivo, a brincar com três jovens bonitos e uma linda mulher. A família que estava ali não lembrava em nada os miseráveis que conhecera uns anos antes. Quando o senhor viu o discípulo, reconheceu imediatamente e convidou-o a entrar em casa. O discípulo quis saber como é que tudo tinha mudado tanto desde a última vez que os viu. O dono da casa disse-lhe: - Depois daquela noite que vocês estiveram aqui a nossa vaquinha caiu no precipício e morreu. Como deixámos de ter a nossa fonte de rendimento e sustento, fomos obrigados a procurar outras formas para sobreviver. Descobrimos muitas outras formas de ganhar dinheiro e desenvolvemos habilidades que nem sabíamos que éramos capazes de fazer. E continuou: - Perder aquela vaquinha foi horrível, mas aprendemos a não sermos acomodados e conformados com a situação em que estávamos. Por vezes é necessário perder para ganhar mais à frente e foi só nesse momento que o discípulo entendeu a profundidade do que o seu ex-mestre lhe tinha dito para fazer." Autor desconhecido

 

E tu? Qual é a vaca que existe na tua vida?

 

Marta Leal

Coaching Inspiracional

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • petra

    Muito boas as tuas dicas e conselhos,adorei a tua ...

  • petra

    Graças a esta publicação,eu concluí que sou uma pe...

  • petra

    Muitos parabéns pelo teu destaque,adorei ler esta ...

  • Mamã Gansa

    Tão real este post.Infelizmente tanta gente vive a...

  • Psicogata

    Dar uma opinião ou uma alternativa construtiva na ...

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D