Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Faz da tua vida a tua inspiração!

... Blogger, coach, palestrante, autora, contadora de histórias, formadora e uma apaixonada pela vida ...

Faz da tua vida a tua inspiração!

... Blogger, coach, palestrante, autora, contadora de histórias, formadora e uma apaixonada pela vida ...

Eu não quero a minha vida de volta

27.03.20, Marta Leal

cheers-839865_1920.jpg

Mudei-me para esta casa há cerca de 14 anos. Nunca tinha aproveitado a varanda a não ser para estender ou apanhar roupa. Hoje escrevo-vos da minha varanda. Uma varanda que de dado adquirido passou a dado valorizado. Num qualquer outro fim-de-semana estaria em Lisboa em consultas, iria trabalhar à tarde em Torres Vedras, e terminaria no Bombarral. Teria saltado o almoço e comeria alguma coisa no carro. Possivelmente rejeitava algum convite para jantar porque estaria demasiado cansada para socializar. Amanhã iria ter a manhã cheia de trabalho, depois iria ficar a pastelar por casa e adiar mais uns dias para o tal salto à praia e ficar perto do mar. Num outro fim-de-semana qualquer sabia que adiar não era solução, mas perdia-me nos deveres, nas horas e nos compromissos profissionais. Porque num outro fim-de-semana qualquer ainda não tinha percebido que algures, no espaço e no tempo, havia um inimigo invisível que estava pronto para atacar saúde, escolhas, decisões, vontades e liberdade! Hoje acordei tarde, tomei banho demorado, tomei o pequeno almoço sentada, dei a volta ao quarteirão com as cadelas, conversei com a filha do meio e sentei-me no sofá a ler.

- Só quero a minha vida de volta - disse-me ela ontem antes de desligarmos a chamada.

Esta observação deixou-me a pensar. Deixou-me a pensar porque eu não quero a minha vida de volta. E só ontem cheguei a essa conclusão. Quero a minha liberdade de movimento, mas quero uma vida totalmente diferente. Se eu quisesse a minha vida de volta não teria aprendido nada com o que se está a passar.  Não teria percebido o quanto estamos ligados, que não controlamos nada e que de repente as certezas passam a incertezas. Se eu quisesse a minha vida de volta não teria aprendido o valor dos momentos, dos abraços e dos contactos com aqueles que amamos. Quando tudo isto terminar quero continuar a inspirar e a motivar, quero continuar a ensinar, quero continuar a ajudar as pessoas a desenvolverem-se, quero contribuir para um mundo melhor de um modo mais direto, mas também quero viver uma vida familiar. Quero dar uma chance ao amor, escrever mais livros, estar sempre lá para os filhos e pais. Quero fazer e aceitar mais convites para almoços, jantares, viagens e momentos. Quero dedicar-me às causas que me fazem sentido e deixar de ser controlada pelo tempo. Quero caminhar em vez de  correr. Quero uma vida diferente porque vou sair disto uma pessoa diferente.

Hoje sugiro-te que tires um tempo para pensar aquilo que queres de volta. Hoje sugiro-te que penses quem queres ser quanto tudo isto passar. Queres a tua vida de volta? Ou queres uma vida mais atenta a ti e ao outro?

Vamos todos ficar bem!

Cuida de ti e lembra-te de cuidar do outro! Cuida do outro e lembra-te de cuidar de ti!

Sempre com muito amor!

#fazdatuavidainspiração

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/

✔️ Site 👉 www.martaleal.pt

✔️ Para marcação de consultas: Email 👉 martaleal@outlook.pt