Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amor Próprio

... Blogger, coach, palestrante, autora, contadora de histórias, formadora e uma apaixonada pela vida ...

Amor Próprio

03
Jan19

Conta-se por aí!

Marta Leal

gratidão.jpg

#Conta-seporaí

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

"Conta a lenda que três homens, sendo um ingrato, um conformado e um generoso, foram visitados, no mesmo instante e local, por um génio saído da lâmpada.

Diante da situação um deles falou:

- Génio, que nos trazes?

- Rosas! - Disse o génio.

E abrindo o seu manto mágico, dele retirou três lindos bouquet de rosas, que ofereceu aos visitantes, entregando um a cada um. Antes de partir, olhou-os fixamente, percebendo algum desapontamento por conta da simplicidade de sua oferta, justificou-se:

- Rosas ... porque elas são jóias de Deus: deixam a vida mais rica e bela!

Os homens entreolharam-se surpresos e, após se despedirem, cada um seguiu o seu destino, dando finalidade diferente ao presente recebido.

O ingrato, maldizendo a sua falta de sorte por ter encontrado um génio e dele ter recebido apenas flores, deitou-as ao rio.

O conformado, embora entristecido pela singeleza do presente, levou-as para casa, depositando-as num jarro.

O generoso, feliz pela oportunidade que tinha em mãos, decidiu repartir o seu presente com os outros. Foi visto pela cidade distribuindo rosas, de ponta a ponta, com um detalhe: quanto mais rosas oferecia, mais o seu bouquet crescia de tamanho, beleza e perfume. No final do dia, regressou a casa com uma carruagem repleta de rosas.

No dia seguinte, no mesmo local e instante, os três homens reencontraram-se e, de súbito, ressurgiu o génio da véspera.

- Génio, que desejas? - disse um deles.

- Que as vossas rosas se transformem em jóias! - disse o génio.

Desta forma, o homem generoso encontrou em casa uma carruagem repleta de jóias, extraordinariamente belas, tornando-se um rico comerciante.

O homem conformado, regressou imediatamente ao seu lar, e encontrou, pendurado sobre o jarro onde depositara as rosas, um lindo e valioso colar de pérolas. Resignou-se em oferece-lo à sua esposa.

O homem ingrato, dirigiu-se ao lugar onde mandou fora as rosas, viu, refletindo sobre as águas, um brilho intenso, próprio de jóias valiosas, que desapareceram da sua visão quando se atirou ao rio com o propósito de alcança-las."

autor desconhecido

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/
✔️ Site 👉 www.martaleal.pt
✔️ Email 👉 martaleal@outlook.pt

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Marta Leal

    Olá Laura, que sentido teria a vida se não falasse...

  • Laura

    Muitos Parabéns pelo livro! Precisamos de mais liv...

  • petra

    Muito boas as tuas dicas e conselhos,adorei a tua ...

  • petra

    Graças a esta publicação,eu concluí que sou uma pe...

  • petra

    Muitos parabéns pelo teu destaque,adorei ler esta ...

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D