Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amor Próprio

... Blogger, coach, palestrante, autora, contadora de histórias, formadora e uma apaixonada pela vida ...

Amor Próprio

12
Jul18

Acreditar

Marta Leal

angel-1667772__340.jpg

Acreditar 

Marta Leal

#amorpróprio

#desenvolvimentopessoal

 

Durante a minha vida toda acreditei sempre que havia mais alguma coisa do que aquilo que os meus olhos viam, a minha pele sentia e os meus ouvidos ouviam. Acreditei sempre numa linha que nos liga aos outros e num qualquer “poder” que nos ajuda e nos permite a manter a sanidade mental, a lidar com os obstáculos, a atingir os objetivos e a mantermo-nos ligados a nós. Sempre acreditei numa alma mesmo que desassossegada.

 

Sempre acreditei, mas poucas vezes o referi. Acreditar em algo superior a nós faz-nos parecer estranhos aos olhos daqueles que se recusam a acreditar. E durante muito tempo não quis parecer estranha. Não me fazia sentido afirmar-me perante uma verdade que ninguém via e que poucos entendem. Com o tempo fui percebendo que os outros são apenas os outros com seres e estares que se aproximam ou se afastam daquilo que sou. Com o tempo deixei-me de preocupar com aquilo que os outros pensam e passei a viver a minha essência. Mas isso não faz com que alguns potenciais clientes se afastem? devem estar alguns a perguntar. Talvez, mas acredito que todos os que precisam de se cruzar comigo se cruzam. 

 

Hoje sei que quando acreditamos é muito mais fácil. Porque quando acreditamos confiamos, aceitamos e somos detentores de uma fé imensa que nos move diariamente rumo aquilo que cá viemos fazer. Quando confiamos e acreditamos que há muito mais que isto torna-se mais simples. Perceber que estamos aqui de passagem e que esta passagem deve ser vivida na sua plenitude faz parte de vivermos bem connosco e bem com os outros.

 

Não interessa se acreditas em fadas, anjos, gnomos, universos, deus, alá ou noutra qualquer entidade. Interessa apenas que acredites e que te movas em amor a ti e amor aos outros. E acreditar não significa moveres-te pelo medo, mas sim pelo amor. Deves-te mover pelo amor à ação que estás a ter e não pelo medo de seres castigado. Fiz-me entender?

 

Faz da tua vida inspiração!

Marta Leal

Inspiração e Motivação

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • petra

    Muito boas as tuas dicas e conselhos,adorei a tua ...

  • petra

    Graças a esta publicação,eu concluí que sou uma pe...

  • petra

    Muitos parabéns pelo teu destaque,adorei ler esta ...

  • Mamã Gansa

    Tão real este post.Infelizmente tanta gente vive a...

  • Psicogata

    Dar uma opinião ou uma alternativa construtiva na ...

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D