Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Faz da tua vida a tua inspiração!

... Blogger, coach, palestrante, autora, contadora de histórias, formadora e uma apaixonada pela vida ...

Faz da tua vida a tua inspiração!

... Blogger, coach, palestrante, autora, contadora de histórias, formadora e uma apaixonada pela vida ...

Já nem sei quem sou!

29.10.21, Marta Leal

woman-g41345fe8d_1920.jpg

 

- Já nem sei quem sou – dizia-me ele há uns dias

- Vamos descobrir? – respondi eu sem deixar de pensar nas vezes que ouço essa frase.

Algures no caminho o Paulo perdeu-se dele próprio. E só quando parou para refletir é que percebeu que o descontentamento que sentia estava associado a não saber quem era. São tantos os estímulos externos que sem darmos por isso entramos em piloto automático e esquecemo-nos de quem somos.

Há um risco que não podemos correr que é o de nos perdermos de nós próprios. E quando falo em perdermo-nos de nós próprios refiro-me não só a deixarmos para trás sonhos, mas também deixarmos de ser quem somos, de cuidar de nós, de defendermos as causas que nos fazem sentido, de assumirmos posições e de fazermos aquilo que nos dá prazer. E atenção que tomadas de posição e defesa de causas devem ser sempre vistas por uma perspetiva a favor de e nunca contra a.

Não somos ensinados a saber quem somos, mas devíamos ser porque é só quando sabemos quem somos que percebemos o que nos faz feliz e o que faz a nossa alma vibrar. E saber quem somos passa pelo bom e pelo mau que existe em todos nós. Passa pelo que é socialmente aceite e também por aquilo que alguns têm dificuldade em aceitar. Passa pela vulnerabilidade que tantos insistem em derrubar e por todos aqueles sentimentos que todos sentimos e que sabemos não serem “bonitos”.

Somos feitos de um todo e é só quando conhecemos e aceitamos esse todo que a verdadeira essência se mostra. Não te preocupes se sentes inveja, preguiça ou se determinada situação irrita. Faz parte. Faz parte de todo o ser humano ter esses momentos. Preocupa-te sim em refletires e corrigires aquilo que pensas ter de ser corrigido. Esquece o dogma da perfeição e do teres de estar sempre bem. Isso só existe na teoria porque a prática, meus caros, é totalmente diferente.

Encontra-te. Descobre-te. Aceita-te. Assume-te. Se não o conseguires fazer sozinh@, pede ajuda, mas recusa-te a viver perdid@ de quem és!

#martaleal

#desenvolvimentopessoal

#autoconhecimento

É urgente continuarmos a sonhar

28.10.21, Marta Leal

fantasy-gda37960bd_1920.jpg

 

“Eles não sabem que o sonho é uma constante da vida” é ao som da canção de Manuel Freire com a sua “pedra filosofal” que vos escrevo para vos dizer que temos de continuar a sonhar seja em que momentos for, se não o fizermos limitamo-nos a passar pela vida. E passar pela vida, meus caros, é muito diferente de vivermos.

Quando somos crianças sonhamos muito. Deixamos que a nossa imaginação voe e permitimo-nos criar e imaginar. Existem os que crescem agarrados aos sonhos e os que se tornam adultos chatos, resmungões, resignados e que apregoam que a vida é o que é. Perdem-se de quem foram convencidos de que adulto não sonha. Agarram-se ao que têm sem nunca assumirem aquilo que gostariam de ter, ser e fazer.

Cruzo-me diariamente com pessoas que se perderam dos sonhos, que deixaram de acreditar e que sentem que nada faz sentido. E de facto assim é. Quando nos perdemos dos nossos sonhos, perdemo-nos de quem somos e do verdadeiro sentido que a vida tem. Sonhar e acreditar nos nossos sonhos é aquilo que nos dá motivação e que nos inspira não só para sermos pessoas melhores, mas também para deixarmos o mundo melhor. Porque os sonhadores são sempre pessoas que querem deixar o mundo melhor.

Já perceberam que falo efetivamente de sonhos e não de objetivos. Os objetivos levam-nos à conquista de dinheiro, de casa, de filhos, e de férias em determinado local. E existem tantos que conquistaram tudo e continuam a sentir-se vazios. Conquistaram, mas não sonharam. Os sonhos têm sempre agregado algo maior. Atrevo-me a escrever que os sonhos trazem com eles um sentido comunitário e uma responsabilidade social. E existe coisa melhor?

Há quem diga que o mundo não é um lugar bonito de se viver. Eu prefiro acreditar que sim, que o mundo é composto por paisagens lindas, animais maravilhosos e pessoas fantásticas. Há quem diga que perante o que se passa no mundo nada podemos fazer. Eu prefiro acreditar que se todos concretizarmos o sonho de tornarmos o mundo melhor ele fica, verdadeiramente, melhor!

- Estás mesmo convencida que podes mudar o mundo?  - Perguntou-me ela.

- Estou! – respondi eu com uma certeza que diria me veio da alma.

Cuida de ti e lembra-te de cuidar do outro! Cuida do outro e lembra-te de cuidar de ti!

Sempre com muito amor!