Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Faz da tua vida a tua inspiração!

... Blogger, coach, palestrante, autora, contadora de histórias, formadora e uma apaixonada pela vida ...

... Blogger, coach, palestrante, autora, contadora de histórias, formadora e uma apaixonada pela vida ...

2020 tem de ser recordado para sempre

26.10.20, Marta Leal

hands-600497_1920.jpg

A dois meses do Natal tenho ouvido muitas pessoas a dizerem que querem que o ano passe rápido para se esquecerem que ele existiu. Eu penso exatamente o contrário. Se há coisa que não quero esquecer é este ano. Apesar de ter sido um ano de perdas sejam elas de pessoas, de liberdade, de abraços, de concretizações, também foi um ano de desacelerar, de muita reflexão, de escolha de caminhos, de quebra de paradigmas, de muita aprendizagem, e de alguns encontros que me fazem sorrir e me aquecem o coração.

Já por aqui escrevi que “não quero a minha antiga vida de volta”, e não quero porque para mim vai ser impossível viver da mesma forma perante todos os acontecimentos deste ano. É urgente valorizarmos o que tem estado ausente seja a espontaneidade de uma visita ou de um abraço, o embarque num avião, a conversa próxima ou mesmo juntarmo-nos sem nos termos de contar.

Que 2020 nunca seja esquecido pelos movimentos de solidariedade que se geraram, pelo amor que se sentiu no ar, pela certeza de que, desta vez, a ameaça é sobre todos seja da doença seja da falta de liberdade que ou nos impomos ou nos foi imposta. Que nunca se esqueçam os que partiram, os que acusam, os que na sua falta de empatia se transformaram em juízes da praça publica. Que nunca se esqueça o medo que se sente no ar, e que faz com que muitos estejam em estado de sobrevivência. Que nunca se esqueça o ano em que os nossos movimentos foram travados, a nossa boca tapada, os afetos sonegados, e o nosso coração se tornou mais inquieto. Que nunca se esqueça a incongruência da acção de quem nos governa. Que sejam para sempre recordados os que perderam tudo, e os que continuam a lutar para que isso não aconteça.

Continuo a acreditar num mundo melhor. Continuo a pensar que podemos fazer diferente não só por nós, mas principalmente pelos outros. Em vez de nos atacarmos é urgente compreendermo-nos, unirmo-nos e perceber que somos feitos das mesmas emoções, e que perante o mesmo acontecimento agimos de modo diferente. Respeita o outro no modelo do outro, e só então serás respeitado seja qual for o teu modelo.

Não! 2020 tem de ser recordado para sempre. Não como estandarte, mas como um ano de viragem onde ou aproveitamos a oportunidade de aprendizagem ou corremos o risco de voltarmos a viver na roda do rato indiferentes ao que nos rodeia.

Cuida de ti e lembra-te de cuidar do outro! Cuida do outro e lembra-te de cuidar de ti!

Sempre com muito amor!

#fazdatuavidainspiração

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/

✔️ Site 👉 www.martaleal.pt

✔️Para marcação de consultas: Email 👉 martaleal@outlook.pt

Tempos difíceis!

17.10.20, Marta Leal

virus-4999857_1280.png

Fazem-me falta sorrisos, abraços, e momentos únicos que só os afetos nos fazem sentir. Faz-me falta a espontaneidade dos encontros, das salas de formação, e dos abraços sentidos. Faz-me falta a presença daqueles que fazem parte da minha vida de forma autêntica sem qualquer condicionamento. Mas o fazer-me falta não impede que continue a acreditar num mundo melhor, e que um dia tudo isto vai passar. Recuso-me a ficar à espera que as circunstâncias mudem. A vida ensinou-me que devo fazer o melhor que sei nas condições que tenho. É isso que faço diariamente.

Vivemos momentos difíceis, mas temos de continuar a acreditar. Temos de continuar a acreditar nos nossos sonhos, nas nossas vontades, nas pessoas, na vida, e que um dia tudo isto vai ser apenas um período da história para mais tarde recordar. Mais do que reclamar chegou a hora de fazermos o melhor que sabemos nas condições que temos. Não foi sempre isto que fizemos? Adaptarmo-nos às condições que temos e continuar? 

Não será porque tens de usar máscara que te vais impedir de sorrir. Não será porque tens de manter distanciamento que te vais impedir de acenar, cumprimentar ou mesmo relacionar. Não será porque tens de evitar a socialização que não podes usar tudo o que tens à mão para o fazeres. Não será porque os números te indicam que o perigo está por perto que tens de viver no medo. Não será porque não sabes quando podes voltar à normalidade que deves deixar de acreditar. Não será porque vivemos em incerteza que te deves impedir de viver.

 Mantém o hábito de sorrir mesmo que esse sorriso fique escondido.

Mantém o hábito de sonhar mesmo que esse sonho seja adiado.

Mantém o hábito de te relacionares mesmo que o relacionamento tenha de ser à distância.

Mantém o hábito de te manteres na esperança mesmo que ela pareça estar longe.

Mantémo hábito de te rires mesmo que o momento seja difícil.

Respeita-te. Continua em frente. Vive cada dia como se não existisse amanhã. Faz o melhor que sabes com o que tens. Dedica-te todos os dias a seres um pouco melhor, e quando tudo isto passar vais perceber que valeu a pena. Perder a esperança é recusares-te a viver. E a vida, meus caros, é o que temos de mais valioso.

Chega de lamentos e de reclamações está na hora de pegares a vida pelos cornos e dizer-lhe " eu vou conseguir!"

Cuida de ti e lembra-te de cuidar do outro! Cuida do outro e lembra-te de cuidar de ti!

Sempre com muito amor!

#fazdatuavidainspiração

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/

✔️ Site 👉 www.martaleal.pt

✔️Para marcação de consultas: Email 👉 martaleal@outlook.pt

 

Aproveita a maré

01.10.20, Marta Leal

surfing-2212948_1920.jpg

- Estou cansada de lutar contra a maré - disse eu

- E se te sentasses à espera que a maré mude? - respondeu-me ele

Esta conversa foi há mais quinze anos, e durante uns tempos acreditei que a solução era mesma essa. Sentar-me e esperar que a maré mudasse para poder fazer o caminho que tinha definido. Não sabia que o caminho que tinha definido podia não ser o meu caminho.  Não sabia sequer que existiam tantos outros caminhos para chegar onde queria chegar. No entanto, há um momento na vida em que percebemos que muito daquilo em que acreditávamos deixa de fazer sentido. Hoje acredito que mais do que esperar e lutar é importante aproveitarmos a força da maré para nos mantermos em ação e nos permitirmos descobrir caminhos e pessoas novas. 

A maturidade faz-nos perceber que a vida não tem de ser uma luta, e muito menos uma competição. Percebemos que a vida é uma caminhada onde vamos somando vivências boas e menos boas, onde vamos encontrando pessoas que nos somam e outras que nos subtraem. Quando sabemos quem somos e o que nos faz felizes, torna-se tudo muito mais fácil. Deixamos de lutar e passamos a viver verdadeiramente.  E é exatamente nesta fase que largamos o peso da vida e começamos a encarar a sua leveza, mesmo sabendo que pelo caminho vamos encontrar lágrimas, choro, desilusões e perdas. 

Acredito que tal como o amor a vida deve ser alimentada diariamente. Alimentar a vida é espalhar sorrisos, elogios, abraços e vontades. É estarmos junto de quem nos faz bem, e decidirmos afastamo-nos de quem nos faz mal. Alimentar está agregado à cooperação enquanto a luta está agregada a uma competição. E o ser humano já tem competição que chegue. Precisamos de cooperar mais e amar mais. Portanto, nem lutar, nem esperar apenas aproveitar a maré a nosso favor. Porque é quando deixamos de querer controlar que os milagres acontecem!

Estás em  espera, em luta ou a alimentar a tua vida?

Cuida de ti e lembra-te de cuidar do outro! Cuida do outro e lembra-te de cuidar de ti!

Sempre com muito amor!

#fazdatuavidainspiração

✔️ FB 👉 https://www.facebook.com/martalealdesenvolvimentopessoal/

✔️ Site 👉 www.martaleal.pt

✔️Para marcação de consultas: Email 👉 martaleal@outlook.pt