Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta Leal

... aventuras e desventuras de uma eterna apaixonada pela vida, pela familia e pela profissão que desempenha ... Sou terapeuta de desenvolvimento pessoal, sou escritora, inspiradora e formadora

Marta Leal

... aventuras e desventuras de uma eterna apaixonada pela vida, pela familia e pela profissão que desempenha ... Sou terapeuta de desenvolvimento pessoal, sou escritora, inspiradora e formadora

Os incêndios para mim são o inferno

transferir.jpg

Os incêndios para mim são o inferno. É exactamente assim que eu imaginava um inferno quando era criança. Um espaço onde as chamas nos consumissem perante uma sensação de impotência. Hoje percebo que o inferno é aqui, exactamente onde estamos. Perceber que nada somos perante as chamas é perceber que a nossa consciência precisa de mudar.

 

Incomoda-me que em pleno século XXI os nossos bombeiros trabalhem nas condições que trabalham mas incomoda-me muito mais a exploração da noticia, da desgraça e do sofrimento de quem tudo perde e de quem todos perde. Incomoda-me as vozes que se levantam contra tudo e contra todos por detrás de um teclado que tem apenas como missão o denegrir, difamar e meter mais chamas na fogueira.

 

Há hora que escrevo este post aponta-se para 57 mortos. São muitos os que morreram e mesmo que fosse apenas um,  já era muito. Foi no concelho de Pedrogão mas podia ser noutra qualquer parte. São tragédias como estas  que me retiram as palavras. Não sei que dizer nem tão pouco que pensar. Perante isto resta-me apenas apresentar as condolências ás famílias e manifestar a minha incompreensão perante a cobertura jornalística. Explorar a desgraça alheia não é jornalismo é tudo menos jornalismo.

 

A verdade é que daqui a umas semanas voltamos ás nossas vidas e esquecemos. Esquecemos embriagados por outra qualquer tragédia que nos permita chorar, reclamar e indignar. E escondemos-nos, novamente, com a desulpa de não termos tempo, de não termos meios, de nada sermos. E continuamos sem agir, sem nos manifestar verdadeiramente e sem mudar, especialmente sem mudar. E o mundo precisa tanto de mudança!

 

 

Marta Leal

 

 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D