Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Marta Leal

... aventuras e desventuras de uma eterna apaixonada pela vida, pela familia e pela profissão que desempenha ... Sou terapeuta de desenvolvimento pessoal, sou escritora, inspiradora e formadora

Marta Leal

... aventuras e desventuras de uma eterna apaixonada pela vida, pela familia e pela profissão que desempenha ... Sou terapeuta de desenvolvimento pessoal, sou escritora, inspiradora e formadora

Responder da mesma moeda seria igualar-me a quem não gosto

aec69f1419bcbce28b40e4676086cc73.jpg

Somos todos necessários tal como todas as espécies na natureza acredito que todo o tipo de ser humano seja necessário. Sejam bons, sejam maus. Acredito até que os maus existam para que os bons não se acomodem e que os neutros reajam.

 

Todos temos características especiais para desenvolver determinado tipo de acção, de movimento ou de contestação. Existem os de acção e os de palavras, os de pensamento e os de emoção. Existem os que se focam no problema para que este não volte a ser cometido e existem os que se focam na solução imediata, ou seja, na resolução.

 

Depois existem também os que se focam no denegrir, no acusar sem argumento, no ridicularizar, no difamar e no ameaçar. Destes não gosto. Não gosto dos que ofendem por ofender, dos que vomitam palavras de ordem e disparam acusações em todas as direcções. Não gosto dos que se intrometem pela vida dos outros e comentam o que não têm de comentar. Não gosto dos que de indicador esticado apontam erros, senhores da razão ou quem sabe senhores do mundo. Não gosto do tipo de energia e exaltação que se gera.

 

Fui ensinada a respeitar os outros e isso faz-me sentido. Respeitar o outro não significa aceitar tudo mas sim agir de acordo com quem sou e não com o que a pessoa é.  Fui ensinada a que o outro merece sempre o nosso respeito independentemente daquilo que ele diga ou faça. Faz-me sentido porque responder da mesma moeda seria igualar-me a quem não gosto, a quem não entendo ou a quem não quero ter por perto. 

 

Concentro-me em quem sou, na minha essência e no meu ser e ajo de acordo com isso. Quando o país cheira a morte e a desespero é isso que me faz sentido fazer.

 

 

Marta Leal

Coaching Inspiracional

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D