Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta Leal

... aventuras e desventuras de uma eterna apaixonada pela vida, pela familia e pela profissão que desempenha ... Sou terapeuta de desenvolvimento pessoal, sou escritora, inspiradora e formadora

Marta Leal

... aventuras e desventuras de uma eterna apaixonada pela vida, pela familia e pela profissão que desempenha ... Sou terapeuta de desenvolvimento pessoal, sou escritora, inspiradora e formadora

Quem passa pela nossa vida deixa marca

019bf1f9877988db951030f33715955e.jpg

 

Nós somos a soma de todos aqueles por quem um dia nos apaixonámos e com quem nos relacionámos. Eu sei, não é nada simpático pensar assim. Não é nada simpático pensar que mantemos algo de alguém que queremos largar, de alguém que queremos evitar, de alguém que queremos esquecer, de alguém que magoámos ou mesmo de alguém que nos magoou. Mas a verdade é essa quem passa pela nossa vida deixa marca.

 

Somos  a soma das empolgações, dos toques, das vontades, das palavras que dissemos, dos planos que fizemos, dos toques que nos permitimos dar e sentir, dos momentos vividos, dos sorrisos, dos amo-te e dos quero-te. Mas somos também  soma do que ficou por dizer, das mágoas, das dores, da saudade do que nunca foi, do que gostaríamos que fosse, das lágrimas e também das raivas.

 

Sempre que uma relação termina mudamos. Mudamos de forma ténue ou de forma vincada. Aprendemos e avançamos ou remoemos e ficamos ainda mais presos ao que é importante libertar. Mas mudamos. Mudamos no acreditar, na esperança, nos sonhos, na capacidade de entrega, na visão de um mundo que aos poucos vai deixando de ser cor-de-rosa. O perigo é que a aprendizagem se transforme em desilusão, em desânimo, em desacreditar e que um dia a visão seja negra. Recusa-te. Recusa-te a que isso te aconteça.

 

Perceber que somos a soma de todos aqueles que passaram pela nossa vida leva-nos à questão da gratidão. É importante estarmos gratos por todos os que fizeram parte, pelos momentos vividos mas sobretudo pelas aprendizagens feitas. É importante aceitar, perdoar e acreditar.

 

E, na próxima  vez, que as tuas mãos transpirarem, as tuas palavras insistirem em não sair e o teu coração palpitar lembra-te de quem és, do que mereces e da vida que escolhes viver.

 

Marta Leal

Inspirational Coaching

2 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D