Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marta Leal

... aventuras e desventuras de uma eterna apaixonada pela vida, pela familia e pela profissão que desempenha ... Sou terapeuta de desenvolvimento pessoal, sou escritora, inspiradora e formadora

Marta Leal

... aventuras e desventuras de uma eterna apaixonada pela vida, pela familia e pela profissão que desempenha ... Sou terapeuta de desenvolvimento pessoal, sou escritora, inspiradora e formadora

O amor e o sarampo!

images (1).jpg

 

Comparar o amor ao sarampo será quase uma acto de insanidade para alguns e de curiosidade para outros. Comparar aquilo que queremos evitar com aquilo que ansiamos para nós pode ser considerado  loucura. Mas será mesmo loucura? Será que ansiamos mesmo por amor? Será que quando amamos estamos a amar de verdade ou estamos à procura de algo que se nos satisfaça mediante um sem número de regras? Será que desvirtuámos o amor de Camões e de Shakespeare? Será que somos dignos de todas as palavras que já foram ditas e escritas sobre amor? Será que toda a aldeia global que pretendia aproximar-nos nos afasta cada vez mais de quem somos?

 

Acredito que o amor é como o sarampo,  viral, infeccioso, transmissível e muito comum na infância. Amar contagia e partilhar o amor também. Todos os actos de amor têm uma tendência a colocar o comum dos mortais a suspirar e a ficar de lagrimita no olho. E quando falo de amor não me refiro apenas e somente ao amor carnal refiro-me ao amor que temos pelo outro. Todo o acto de amor move montanhas, incendeia e comove. Pessoas recheadas de amor são pessoas que saem de casa em prol do outro, que se movem para um todo independentemente de serem singulares. 

 

 

O amor faz-nos viver no colectivo, num eu que se identifica num ele, num nós que se identifica no eles! Ama e faz com que o teu amor se torne contagiante! Ama e age de acordo com esse amor. 

 

Eu? Continuo assim muito mãe, muito mulher, muito eu mesma!

3 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D